quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Pim!

Manifesto anti [todos os] "Dantas"



Queria, mas queria muito, um dia que tiver de me indignar, indignar-me com esta convicção, sentido de humor*, com esta noção de justiça e coragem! Uma espécie de escape directo, entre tudo o que incomoda e o mundo!

Enquanto isso não acontece, vou-me deliciando como a narração do genial Mário Viegas e sinto-me vingada e aliviada de cada vez que faço um playback das palavras de Almada Negreiros**!

Pergunto-me: porque é que nascem mais Dantas que Negreiros?

* Adoro aquele bocadinho em que ele diz que o Dantas cheira mal da boca! É que é daquelas coisas que chateia mesmo! Melhor do que qualquer insulto que atente à integridade moral da figura materna!
** Artista em todas as formas e dimensões;

1 comentário:

  1. Eu gosto de "o Dantas é um cigano. O Dantas é meio cigano". Meio apenas. Lindo! Refinado.

    P.S. - tenho que admitir que na secundária me ri a bom rir com tudo isto - até às lágrimas.

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!