terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Máscaras #4

 Segunda-feira de Carnaval, 2010

"O Carnval caracteriza-se fundamentalmnte pela sua licenciosidade autorizada, glorificação e propiciação de excessos - o alimento e o líbido, isto é, o prazer ventral e a fornicação - julgamento, condenação e destruição de manequins, peditórios normalmente a cargo da juventude local, formas de vindicta popular, fogueiras, manjares cerimoniais específicos, etc., além de constituir um momento privilegiado para o uso de máscaras."
(Pereira, 2006: 34)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!