quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Cereja no topo do bolo

...depois de estar a sentir-me a mulher mais sem sal à face da terra, graças à "dance fusion", entra logo de seguida a professora de dança do ventre - que faz questão de esfregar na cara de todas a sua barrinha imaculada - que começa a aula sempre a dizer:

"- e não se esqueçam que se têm que sentir bem convosco, sentir-se bonitas e sensuais..."
[pois sim... vai dizer isso ao Rogério]

e nisto começa os movimentos próprios de uma odalisca, em que repuxa os cabelos, passa a mão pelas ancas, fecha os olhos e morde os lábios, enquanto faz o malfadado do oito com tudo quanto é parte do corpo! Enquanto nós, o resto das mortais, depois de terem levado com os gritos impiedosos de um bailarino insensível, olhamos para o espelho e parecemos espantalhos a serem agitados por rabanadas de vento aleatórias, a que tentamos sobreviver sem qualquer tipo de graciosidade, ao invés de sereias a dançar na água!!


Photo fuadabdullah by @ Flickr

É por essas e por outras que hoje decidi que vou antes ao Combat, assim posso dar porrada (ainda que no ar) a essa gente que não percebe as limitações artísticas de pessoas como eu!


6 comentários:

  1. Sempre tive vontade de experimentar Body Combat, acho que deve ser um espectáculo para os dias em que se está chateada: é só imaginar a cara de quem nos chateou e é ver as calorias a derreter ao dobro do ritmo! Sem brincadeiras, tenho mesmo curiosidade!

    P.S. - a palavra torta que me calhou agora é "dedmen"... uma alusão ao Rogério, caso apareça hoje no Combat? :)

    ResponderEliminar
  2. Para mim Body Combat é mesmo muito fixe!! Fica-se com uma energia muito porreira e eu para além disso fico com a mania que se meterem comigo dou conta do assunto! Mas, acho que se algum dia me acontecer alguma coisa (madeira, madeira, madeira) o que me vai safar e saber correr bem! E é verdade que tem essa vertente de poderes imaginar que estar a dar joelhadas no nariz de um(a) desgraçado(a) qualquer até os ossinhos do nariz chegarem ao olhos por dentro...

    ...

    bem não sei o que se passou agora mesmo mas até eu fiquei com medo de mim!

    Seja como fôr, se puderes experimenta, vais ver que é uma sensação de poder muito boa! eu pelo sim vou fazer uma aula de "body balance" logo a seguir para ver se controlo esta minha veia assassina!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. "...dar joelhadas no nariz de um(a) desgraçado(a) qualquer até os ossinhos do nariz chegarem ao olhos por dentro..."

    Espírito que te apoderaste do corpo da Guilhim meiguinha que eu conheci, sai já!!! Sai, seu... MAU! Sai, olha que eu vou chamar o polícia!

    ResponderEliminar
  4. R: estás a falar daquela pessoa meiguinha que mandou calar uma mesa com jovens a jogar às cartas?!?! ;)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Também, mas sobretudo daquela que faz meditação de manhã :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. :)

    já percebeste porquê... acalmo a veia assassina e não mando calar assim tanta gente!

    ;)

    beijinhos princesa!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!