terça-feira, 24 de novembro de 2009

Mais do que efemérides


Photo by DigitalLyte @ Flickr

Faz hoje 150 anos que foi publicado uma das obras mais importantes da ciência: On the origin of the species. A mim cabe-me agradecer, caso contrário, neste momento estava a furar tampas de copos de sumo com palhinhas* e não a dedicar-me ao estudo do Homem**. Por isso Sr. Darwin, pelo livrinho, estou-lhe muito grata, mas mais ainda pelo exemplo de vida. É verdade que ajuda ter algum dinheiro, um avô na área, um pai déspota, um curso de medicina para deixar pendurado e um barquito para dar a volta ao mundo, mas ainda assim, o mérito do thinking outside de box, ninguém lhe tira!



Aqui no nosso cantinho luso, temos a comemorar o nascimento de Rómulo de Carvalho que enquanto António Gedeão passou para palavras o que faz de um cientísta, um grande cientísta e de um homem, um homem completo sem que seja preciso separar um do outro, para isso basta que pensar e sentir, aconteça em medidas iguais.



"(...)
Amador sem coisa amada,
aprendiz colegial.
Sou amador da existência,
não chego a profissional."

(António Gedeão in Máquina de Fogo)


Photo by marga rida @ Flickr

* era a minha ambição profissinal de criança, passada a fase da veterinária e de jogadora da bola
** no geral, porque no particular a coisa complica um bocado mais! Tenho cá para mim que teremos que na melhor das hipóteses esperar pelo nascimento de outro Darwin.

2 comentários:

  1. Oh... o mérito não é meu! Os senhores é que foram uns grandes senhores!!

    E o nosso café?
    Beijinho

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!