sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Ver-de-inveja

O Criador, quando distribuíu os dons artísticos pelo pessoal que estava ainda em processo de fabrico, esqueceu-se de mim! As minhas aptidões artísticas são, por assim dizer, inexistentes!!! Mesmo! Adorava ter talento para a música e mais ainda para desenhar, mas não tenho ponta por onde se pegue! Se quando vou no carro com o volume no máximo, acho que sou a Maria Callas do asfalto (porque não me oiço), se tiver de desenhar para ganhar a vidinha, então é melhor aprender a fotosíntese porque por aí não me safo!





Por isso, sempre que encontro alguém tão mortal como eu com algum destes talentos, fico sempre num verdinho lindo de inveja!


* para variar não deixei aqui nada do blog da Ana Oliveira, mas que é uma das minhas favoritas, é!

2 comentários:

  1. És como eu...

    Mas não te esqueças que temos outras coisas que compensam, e muito, essas "falhas". :)

    ResponderEliminar
  2. Muitas vezes me atormentou essa questão. E pensava: eu não tenho dons! Não sei cantar (sou afinada, mas saber cantar não é a mesma coisa), não sei desenhar (gosto de o fazer mas saber desenhar não é a mesma coisa). Mas há dons que não são tangíveis como um disco gravado ou um quadro pintado. Tu, por exemplo, tens uma sensibilidade para perceber as pessoas completamente fora do normal. Não fica pintado no papel mas fica no coração de quem ajudas!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!