quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Mais verde que água

as duas de trás são as minhas sobrinhas, a da frente é minha enteada, já que foi o meu amor que me deu porque é um doce! desafio maior que este, só se me puserem a ter que tomar conta de um gato! aí passo a acreditar em milagres!

Com a partida da minha irmã fiquei incumbida de tomar conta das minhas "sobrinhas"! Missão quase impossível para a minha pessoa, já que tenho o dom de matar todo e qualquer ser vivo que produza clorofila, sejam cactos ou algas! Não sendo psicóloga, imagino que isto tenha a ver com os largos anos, durante a minha infância, em que tive de partilhar a minha varanda e casa de banho* com milhões de orquídeas minúsculas que o meu Pai fazia**!! Seja como for, foi um compromisso assumido e que irei cumprir da melhor forma possível! Só espero que as bichinhas sejam resistentes, porque sou menina para as matar de tanto amor!

esta é a maiorzinha que teve direito a uma divisão só para ela e com vista para as colegas do exterior!

Já agora, alguém me diz como é que se regam estas coisas? É tipo de três em três dias? Menos? Mais? E quanto de água? Até transbordar?... é que seu perguntar ao meu pai ele manda a Segurança Social lá a casa e tira-me as crianças e depois como é que eu explico o sucedido à minha irmã?

* para além de ter 374 vasos havia ainda um aquário de 100l cheio de cenas verdejantes, por isso varanda era mentira! já para não falar do sótão em que toda uma mesa de carpinteiro estava ocupada com placas infindáveis de esferovite onde se recortavam buraquinhos que faziam de mini-vasos! Era comum eu perguntar se podia tirar as plantas da banheira para tomar banho!
** sim, o meu pai
fazia mesmo orquídeas!

2 comentários:

  1. Deixa lá! A minha mãe faz como que criação de orquídeas... Sei bem do que falas!
    Entretanto, armada em filha amorosa, ofereci-lhe um Bonsai. Quando dei por ele, estava amarelo e dar os últimos suspiros. Perguntei-lhe o que se tinha passado e ela disse-me que no final do ano lectivo tinha andado muito atrapalhada e que não tinha tido muito tempo para "falar com ele"!!! Concluo que fosse menino dado à depressão, portanto :)

    ResponderEliminar
  2. O que é que são? Se souberes, é capaz de ajudar.

    Googla, que há fóruns muito bons por aí! :)

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!