segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Mãe, avó e tia

Hoje vou saber se a minha mãe está aprovada como avó, porque disso depende a minha condição de tia. Como passei a semana na minha terra do coração (e já prevejo a respectiva neura associada a ter que voltar para a outra casa ainda hoje), deixei a mãe Fatinha incumbida da missão de zelar pelas plantinhas que a mana me tinha deixado... afinal se são minhas sobrinhas, são netas dela!

Repare-se que me podia ter esquecido, ou ter inundado e as desgraçadas que se amanhassem durante o resto da semana, ou deixado-as na rua para quando chovesse serem automaticamente regadas! Mas não! Deixei-as junto a uma janela, estrategicamente aberta, para estarem a par do ciclo circadiano! E não as abandonei, deleguei a tarefa numa pessoa que considero responsável!...

Agora resta ver qual foi o resultado!... mas para já estou orgulhosa!


Se fosse uma planta e tivesse direito a uma foto com legenda seria esta! E seria o vasinho do meio! Ilustração de Ana Oliveira, in ilustrana.blogspot.com

2 comentários:

  1. ok, recebi a mensagem e já estou preparada para o pior...
    Brincadeirinha :p Confio na competência de cada uma de vocês e, além disso, as plantas já sobreviveram a ausências minhas bem maiores. Na realidade são umas tesas (diria a avó Ilda) e não murcham por qualquer coisinha ;)
    Beijitos e coragem para o regresso à civilização...

    ResponderEliminar
  2. Mana, as bichinhas estão impecáveis e até acho que já cresceram qualquer coisita!

    Podes estar descansada!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!