sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Dos pés

Há dias (muitos) em que acho que sou bipolar!! E acho que a culpa e a razão são do meu Pai: 9 meses a chamar-me Miguel tinha que ter consequências, e se ser gaja não é fácil, ser gaja com alguns gostos de gajo mais difícil é!

Mas onde reside a bipolaridade/dualidade? é simples ou complicado de acordo com as perspectiva: as meninas (algumas) concerteza que me compreendem, já os meninos vão achar que estou a entrar numa dimensão sobrenatural! Indo directa ao ponto: ainda não decidi se sou uma miúda de "sapatilhas" ou de "saltos" devendo estes conceitos ser percebidos tanto literal quanto metaforicamente! Se por um lado quem me tira os meus ténis e os meus chinelos tira um bocadinho de mim, acho que fico mais elegante (quanto mais não seja porque a gordura fica distribuída por mais centímetros) e mais bonita com uns bonitos sapatos de salto e neste aspecto, ou bem que é um salto a sério, ou se é assim uma coisa "mais ou menos" mais vale estar quieta! Recentemente até tenho procurado ir mais além do 1,63m que me caracteriza, mas sinto-me sempre um bocadinho Drag Queen. Para além disso, correr de saltos não dá jeito, andar na areia de saltos também não, passear o Buick de sapatinhos equivale a um bilhete gratuito para o hospital, andar pelo campo ou sentar no chão também não fica muito bem com os ditos pisantes nos pés! Mas por outro lado, para variar gosto de ver-me assim mais "produzida" e a parecer menos um gaiato e mais uma senhora... como os exemplos que tenho em casa... Veja-se a mana: desde 1991 que só muito raramente vejo a minha irmã com a sua altura natural (que não vou revelar) e desde essa altura que ela tem vindo a aprimorar a técnica do andar em bico dos pés e fá-lo muito graciosamente. Aliás, este Verão estavamos carregadas com malas e sacos e eu, de havaianas, torcia os pés a torto e a direito, por causa da irregularidade do caminho e do peso da carga. A mana nem um gota de suor deixava aparecer! Quando lhe perguntei como é que ela fazia aquilo respondeu-me:
- Miúda, se o tens que fazer, faz em estilo!



Resumindo, a menos que exista por aí uma associação que ajude gente como eu, vou ter muitas manhãs de dúvida sobre o que ser a cada dia: uma miúda com ou sem estilo!

3 comentários:

  1. Tu?! Isso é conversa pra quem não te conhece, pois claro!
    Até de barbatanas nos calcantes ficas sempre cheia de estilo:))

    ResponderEliminar
  2. Pois, eu não te conheço, mas aposto que o/a Alex tem toda a razão!!!

    ResponderEliminar
  3. R: é "o" Alex e ele diz isso porque foi ele que me deu as barbatanas mais bonitas do mundo! E só há aquelas (ou pelo menos eu gosto de pensar que sim!)! Vocês são é uns queridos! Isso sim!

    Alex... saudadinhas dos mergulhos!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!