segunda-feira, 18 de maio de 2009

Do tempo

Hoje acordei com mau feitio. Não é comum, a situação não era para tanto*, mas acordei com mau feitio. Seguiu-se a essa constação - estou mal disposta, não me apetece acordar, não me apetece que seja segunda-feira - outra, comum entre as raparigas e normalmente sinal "que algo está podre no reino da Dinamarca"** e que é o sentimento (mais ou menos frequente dependendo do estado de espírito) que normalmente vem acompanhado da expressão: "não tenho nada que vestir!" Dramático, porque acreditamos com toda a nossa alma que realmente não temos nada que vestir***! Com muito esforço lá descubro qualquer coisa. Enquanto contrariada arrumo computador, artigos, carteira, ouço as notícias:
"- sol para a região centro e temperaturas a rondar os 25º"
Olho para mim... olho para o céu... estou vestida de acordo com o céu que se vê da janela: cinzento e frio...

Continuo nos meus afazeres... dois segundos depois estou novamente em frente ao armário à procura de qualquer coisa para vestir que fique bem com a maquilhagem que já estava feita. Encontro. Não é perfeito mas serve.
Quase a sair de casa penso... e se os tipos do telejornal se enganaram... vou andar feita tolinha de vestidinho de verão e a rapar um frio descomunal! Nah... vou ser mais esperta que todas as cartas meteorológicas e voltar ao que tinha inicialmente****.

Estou sentada no meu lugar de trabalho. Em frente tenho uma janela que me diz que está sol e pelo vestir das pessoas, calor...

Alguém me diz para onde foi o céu cinzento?!?! Alguém me diz porque é que eu achei que sabia mais que os senhores do telejornal?!?! Alguém me diz porque é que mudei 3 vezes de roupa?!?! Alguém me diz que raio de tempo é este?!?!

Conclusões:
- é tramado ser-se gaja;
- não é um bom dia para se meterem comigo;
- os senhores do telejornal têm sempre razão;
- preciso de comprar mais roupa...

está sol e eu estou de gola alta!!

* muito pelo contrário
** neste caso foi só mesmo o ter de saltar da cama quando a vontade era ficar a fazer ronha por mais umas horas
*** apesar do armário estar compostinho
**** voltando a contornar a questão da maquilhagem

4 comentários:

  1. Eu hoje também fiz uma arriscada: trocei as botas de cano alto pelas Melissa amarelas. E só pensava: e se chove? E se está frio? So far, so good...

    ResponderEliminar
  2. Eu escrevi «trocei»??? Acho que estou a precisar de férias...

    ResponderEliminar
  3. acho que o próximo passo da-guilhim-crescidinha-e-armada-em-mulherzinha passo vai ser mesmo comprar umas melissas! as tuas são lindas e têm tudo a ver contigo!

    pois estás a precisar de férias estás!

    ResponderEliminar
  4. Que me dizes a uma sessão «numa de loucura/não penses muito nisso/ vamos às Melissas hoje quando eu chegar a Coimbra?»

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!