terça-feira, 31 de março de 2009

Que venha Maio!


Durante a tarde quis deixar um post musical mas por algum motivo* acabei por não o deixar...
mas entretanto, e depois de um jantar em que contei com um dos bocadinhos do meu coração e da minha força, a S.; depois de uma caipirinha e uma pizza; e depois de se tomarem decisões importantes e arriscadas - questiono-me se as há de outro tipo - mas que se esperam positivas, resolvi mudar o tom inicialmente previsto e este pareceu-me o som adequado a todos os níveis... principalmente quando dito pela Cristina Branco**!

Porque me olhas assim
Letra e Música: Fausto Bordalo Dias

diz-me agora o teu nome
se já dissemos que sim
pelo olhar que demora
porque me olhas assim
porque me rondas assim

toda a luz da avenida
se desdobra em paixão
magias de druida
p’lo teu toque de mão
soam ventos amenos
p’los mares morenos
do meu coração

espelhando as vitrinas
da cidade sem fim
tu surgiste divina
porque me abeiras assim
porque me tocas assim
e trocámos pendentes
velhas palavras tontas
com sotaque diferentes
nossa prosa está pronta
dobrando esquinas e gretas
p’lo caminho das letras
que tudo o resto não conta


e lá fomos audazes
por passeios tardios
vadiando o asfalto
cruzando outras pontes
de mares que são rios
e num bar fora de horas
se eu chorar perdoa
ó meu bem é que eu canto
por dentro sonhando
que estou em Lisboa

dizes-me então que sou teu
que tu és toda p’ra mim
que me pões no apogeu
porque me abraças assim
porque me beijas assim
por esta noite adiante
se tu me pedes enfim
num céu de anúncios brilhantes
vamos casar em Berlim
à luz vã dos faróis
são de seda os lençóis
porque me amas assim

* que até sei qual é...
** que canta bem para caraças!

3 comentários:

  1. Daquele cantinho retirarás muita côr e energias positivas... Felizmente que o passo em estafeta para ti, amiga!

    ResponderEliminar
  2. Fogo... nem sei o que dizer!... se puder influênciar... gostava de ter cá uma certa vizinha... isso é que era mesmo bom!

    ;P

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!