segunda-feira, 9 de março de 2009

Dia da Mulher

Hoje, um amigo que tenho no meio do mar, lembrou-me que ontem foi dia da Mulher! Por algum motivo não dei por nada! Também não sou muito de ligar a estes dias temáticos e ainda não decidi se gosto ou não da ideia de haver dia da Mulher... parece uma questão de cotas também na gestão dos dias...

Seja como fôr, aproveito para dizer que são muitas as mulheres que admiro:
- as minhas amigas que já são mães: nunca vos admirei tanto como agora!
- as minhas amigas: tantas delas já passaram por tanto e continuam a ser fantásticas (e por isso é que as escolhi para minhas amigas)!
- mulheres com mais de 50 anos: super-mulheres tratar da casa, do trabalho, dos filhos pequenos, dos filhos grandes (maridos) sem qualquer tipo de reconhecimento!

Mas admiro acima de tudo as mulheres que me serviram de exemplo: a minha irmã e a minha avó Elvira (que adoro mas como quem não convivi muito), claro, mas lá no topo no topo estão as duas Mulheres na foto, uma que já não está cá e outra que vai viver até aos 1500 anos pelo menos: a minha mãe (Fatinha) e a minha avó (Ilda)

A minha avó para além de ser muito feminina, tinha um talento inquestionável para os negócios; usava calças e foi a segunda mulher do distrito de Leia a ter carta de condução (e conduzia camionetas)! Na imagem está com a minha mãe sentada no seu Buick!

Se um dia fôr um terço do que elas foram, já valeu a pena!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!