quarta-feira, 6 de agosto de 2014

A Oeste nada de novo...















...e ainda bem! A caminho do destino de férias resolvemos dar uma passagem por aqueles que foram, durante a minha infância e parte da adolescência, os meus locais de passagem durante aqueles Agostos gigantescos! A verdade é que nunca passei férias no Algarve. Eu sei, sou uma pessoa estranha. Aliás, contam-se pelos dedos de uma mão as vezes que fui ao Algarve (e a maior parte delas foi para jogar contra o Loletano e o Portinado os míticos jogos de Pólo Aquático isto por volta do século XII) e, ao contrário de 9 milhões de portugueses, as minhas férias eram passadas no Oeste. A sede era no Vimeiro e a Praia Porto Novo/Santa Rita mas sempre que o tempo não estava lá aquelas coisas, ainda na versão a quatro, aproveitávamos para dar um pulinho a Mafra, Santa Cruz, Lourinhã, Torres Vedras, Ericeira... Um dos pontos míticos era a Aldeia de José Franco que fica no Sobreiro (deixo a dica para uma tarde diferente... além do mais, não se paga nada!). Desta vez fui eu com a minha mini-família espreitar e relembrar um lugar onde não ia desde 1998... E a memória é sem dúvida um bicho complicado de entender! Foi bom e deu para contagiar o homem por este gosto pelo wild wild west!

1 comentário:

  1. Também não ia para o Algarve... mas eu era férias na Nazaré e redondezas :)

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!